quarta-feira, 23 de agosto de 2017

SOLITUDE X SOLIDÃO



A vida tem dessas  coisas!

Por vezes parece que estamos sós,  outras vezes,  realmente gostaríamos de estar a sós. E quando realmente pensamos estar a sós,  há aqueles momentos que precisamos de companhia, aí sim ... notamos que a sós não estamos. Antagonicamente ... há momentos em que precisamos de companhia e ... ninguém [rs].

Daí você pergunta ...  Solitude ou Solidão? 

Há momentos em que precisamos da Solitude, sim, de privacidade.

E há aqueles momentos que não a convidamos mas ela vem. Quem? A Solidão. Mesmo em meio a muitas pessoas, notamos que estamos sós. Sós porque a multidão tem seu modo de agir, de pensar, de manipular, conduzir, convencer e converter mentes e mentalidades.

Em algum momento, faz sentido o “estar só”, pois não é nada confortável sermos manipulados a converter-nos em algo que não nos agrada só para satisfazermos a alguém ou a um grupo. A Solidão é algo que não se busca, é porém algo muito encontrado hoje em dia.

Uma pessoa pode ter zilhões de amigos nas redes sociais, porém, em momentos de extrema necessidade, vai poder contar com resumida porcentagem deles, e para não ser tão pessimista, porém realista, essa pessoa vai acabar contando com o apoio de apenas uma pessoa dentre os zilhões de amigos virtuais. E claro, cada qual por seus motivos e suas condições.


A Solitude é algo que muitos almejam, porém o que mais se encontra é a Solidão. Afinal, ter privacidade hoje em dia não é algo tão fácil.  Não se trata de abster-se da convivência em comunidade, não se trata de isolar-se do mundo. Porém, guardar-se do mal. #badusca