quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

QUAL O SENTIDO DA VIDA?






Hoje, 29 de dezembro, pela manhã estive pensando e repensando parte da caminhada em 2016. E algo ecoava-me na mente , e com certeza ecoa na mente de muita gente.

Aproveitei o ensejo entre uma canção e outra que escutava para compreender o que motiva-nos a espelhar-nos em alguma figura pública, músico ou banda, que através de suas vidas e obras influenciam gerações. Levando-as ao sucesso ou ao fracasso.

O gosto musical, a admiração por banda ou cantor às vezes tem certo sentido, ou significado. Não busco o sentido da vida ou a perfeição em ser humano algum, tampouco me inspiro em artistas ou músicas que não me dão esse sentido essencial à vida. Em particular o que mexe com o seu sistema sensorial sempre tem a ver com o "background"? Tem a ver com aquilo que está por trás?

         Tudo parece ter sentido quando sabemos o que motivou-nos a fazer alguma coisa. É certo que há coisas que simplesmente fazemos e pronto. Está feito! Não tem um porquê. Se algo que fazemos não tem sentido, é porque o fizemos com a mente vazia. Esse é o motivo. E mente vazia é um perigo.

Hoje, encontrei um vídeo de Billy Grahan entitulado: "A Cross". No vídeo ele mostra qual o real sentido para tudo na vida. Bem parece papo de religião [rs], mas a verdade é que todo mundo busca o sentido da vida em alguma coisa, mesmo sem saber. É algo intrínseco do ser humano.


Está dentro de nós a busca pelo sentido da vida, mesmo que numa simples música, e pasme ... em pessoas. O sentido da vida é fácil de ser encontrado se focamos nossa busca para o "Caminho" certo. Logo, tudo o que realizamos terá um "plus", daí em diante, encontramos o Caminho da Felicidade. Passamos sentir-nos felizes e realizados. Passamos a sentir-nos "completos". #badusca