segunda-feira, 23 de maio de 2011

"CELEBRAÇÃO DA VIDA"





À minha direita a ‘morte’ mostra-me o fim de todos! Ao meu redor o espetáculo da vida reflete-me quem é Soberano: “Seu Autor”, Aquele cuja horrenda criatura não venceu!
Como é bom celebrar a vida quando estamos em situações agradáveis, onde tudo prospera, nada em dissonância, tudo em harmonia, como o som de uma sinfonia digna dos mais belos e exóticos instrumentos.
Por outro lado, celebrar a vida quando tudo está em desacordo ... chegamos até a pensar que Deus está contra nossos desejos mais íntimos, sinceros e honestos. Não é assim que acontece. Ele nos ensina a acertar as nossas vidas até com nossos erros.
Somos punidos por nós mesmos. Nossas limitações nos levam ao fracasso, Nossas inconsequentes atitudes trazem-nos conseqüências, que talvez sejam irreparáveis, porém que nos ensinam, se deixarmos, é claro.
Nossos acertos que muitas vezes advém de termos errado por várias vezes (nem sempre é assim), nos asseguram a convicção de um caminho que jamais devemos percorrer. Caminho que nos leva à frustração.

Ninguém vive de certeza ou somente de acertos ou vitórias, qualquer um ser vivente experimenta, experimentou ou vai experimentar a amargura de um fracasso. É lógica! Se há alguém, por favor dê-me o endereço ou telefone, para que possa me instruir o caminho desse sucesso.
O Pai Eterno e Criador não nos prometeu nessa vida, dispensação ou século, seja lá como chamas, uma vida de perfeição divina, porém humana, e essa, cheia de imperfeições e desafinos acarretados pelo ‘homem’. Mas que pode ser vivida de forma satisfatória se aceitarmos o desafio de vivê-la acima de tudo o que nos sobrevém.

Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das corsas, e me fará andar sobre altos lugares.
Acima de doenças, acima da tristeza, acima da incerteza, acima de improbabilidades, acima de minhas dúvidas, acima de qualquer problema ou situação. Só Ele me faz repousar em tranqüilidade.
Celebremos ao dom da vida e ao seu Autor, que nos dá a possibilidade de vivê-la por mais um lindo dia como esse!