quarta-feira, 19 de novembro de 2008

SONHAR É BOM














                 


                                                    Sonhar é bom . . . Pensar melhor . . .

Pensar, segundo o dicionário, é um verbo transitivo e intransitivo e significa: formar idéias no espírito ; refletir; raciocinar; ter uma opinião; ter no espírito; julgar, supor; prever, imaginar, etc. Pensar requer colocar os neurônios para trabalhar em prol de lembrar algo que está armazenado em um ambiente especial do cérebro, algo que um dia foi lido, visto ou ouviu-se de alguém.
Segundo o dicionário Aurélio, sonho é a seqüência de fenômenos psíquicos como imagens, representações, atos, idéias, etc, que involuntariamente ocorrem durante o sono.
Pensar, em alguns momentos tem sido trocado por "sonhar", o que é bem parecido, mas no sentido que tem-se falado tanto,..., o termo sonhar dá o tom de que é somente imaginar ou mentalizar algo muito difícil ou quase impossível de obter e BUM! . . . Vai acontecer!!! Sem um mínimo de esforço ou labor para se conseguir o que foi mentalizado. Fácil não?

Sonhar, no sentido de imaginar, mentalizar é bom, mas sempre acompanhado de uma boa dose de raciocínio lógico e responsábilidade. Esses ingredientes jamais podem abalar a fé de alguém, ou melhor, alguém que utiliza a fé com responsabilidade jamais deixará de ser espiritual por isso. Sonhar é bom, mas viver olhando para as nuvens sem laborar, sem objetivar algo e lutar para conseguir somente acontece em novelas, filmes ou contos de fadas. Para alguns é difícil compreender que pensar nos faz realizar sonhos. Há até pessoas que ganham por pensar, enquanto há outras preferirem somente sonhar, ..., viver apenas anestesiados por aquilo que mentaliza.

É hora de viver com os pés no chão, fazer nossa parte naquilo que é possível, porém, com o coração em Deus, sempre deixando para Ele o impossível. Não utilizar da fé para galgar postos que não conseguimos alcançar de forma simples, natural e no seu devido tempo, depois de dar o sangue. Como meros mortais.

Se pararmos para pensar, sem parar de sonhar (afinal o sonho não deixa de ser anestésico), seremos mais humanos, menos deuses. Teremos nosso devido lugar no mundo físico sem deixarmos de ser espirituais, atribuindo para Deus aquilo que devemos nos esforçar por fazer.
Deus é Espírito e a adoração a Ele deve ser sim, em espírito e em verdade (JO 4:24) de forma racional, bem pensada, e com responsabilidade, não de forma imaginária como quem sonha, somente depois que Deus restaura a sorte e acabou. Viver assim é bom, mas sem responsabilidade como verdadeiros fiéis não temos parte com o Altíssimo. Fé com responsabilidade é algo bem pensado. É somente dar glória a quem se deve glória.

Vamos sair da esfera dos sonhos e pensar naquele que deixou seu trono e laborou o lugar que nos era proposto. A cruz! Pense nisso!
Soli Deo Gloria !