Pular para o conteúdo principal

#momentos





Hoje bateu saudade daquela época que começamos a ir para o Arpoador nas férias de Janeiro e Julho. A galera da Rua do ABEU se encontrava na padaria do Seu Zé, e cedinho partia de TL (Trem Lotado) em direção à Zona Sul. Tudo começou com o Jacaré (surf de peito), prancha de isopôr, e ... logo, logo veio o Body Board. Porém, o mais radical mesmo era dropar em pé de pranchinha, fosse de bi, quadri ou triquilha. O Marconi, mais conhecido como Peito de Pombo, migrou para o Recreio por pilha dos mais antigos que eram vistos por nós como surfistas. Vestiam-se como surfistas, falavam como surfistas, tinham pranchas, como todo surfista tem, mas... deixa pra lá [rs].
O Enzo era o louco da galera! Sempre foi o precursor da galera. Gostava da radicalidade[rs], me botava uma pilha...Vem Baiano! Bora radicalizar!E no dia que fui, viajei no vagão do maquinista, nessas divisões que o trem possui. A Janaína, kkk, foi um dia desses com sua amigas, na época, a Rose, a Deise, creio que a Patrícia , tinha um apelido muito engraçado kkkkkkk. Apelido que o Fred havia colocado, junto com o Enzo. Já não bastava a Jandira Cara de Boot. Né Enzo? Bem, a Janaina ficou desesperada e começou a chorar, porque os Guardas ferroviários me pegaram.  Queriam me meter a porrada! Disseram que iriam me prender. A Deise, maluca! Disse para os guardas que o pai dela trabalhava lá em Deodoro, estação que me pegaram. Disse ela que seu pai era Major do Exército. Não adiantou, e os guardas... os guardas disseram que poderia ser o Diabo em pessoa, que eles não me liberariam. kkk! A galera pedia para os guardas prenderem vagabundos, bandidos... não uma criança! :@
A galera partiu! Não sabiam do que estava rolando. Nel, Caio, Adílio, Fred, O Cassandra, Enzo, Abóbora, Amarelo, Antônio, Betão, Kaolha,  Pepeu... kkk A galera geral!
Pensei que ficaria preso, mas nos liberaram. Afinal, para quê ficar com um pirralho magrelo, cabeludo e um monte de meninas zoando no ouvido para liberá-lo? Pensou o guarda. Fomos liberados. Ufa! Já estava imaginando a surra depois que chegasse em casa. Pancadaria pura. Mas não foi dessa vez.
Não bastasse esse problema, umas meninas do Cantagalo tocaram um terror nas meninas que estavam comigo e o bagulho ficou doido kkk! Cheios de medo da galera que nos aterrorizava dentro do buzú, partimos para o Arpoador, dando a volta por Ipanema. Lá encontramos a galera geral! Contamos sobre o ocorrido e todos colocavam pilha! Foi um dia intenso que jamais esqueceremos. Porém o que jamais esqueceremos mesmo é daqueles que partiram para o outro lado, deixando-nos as boas lembranças de uma infância pra ninguém colocar defeito. Para os que estão aí presentes, hoje ótimos e dedicados profissionais, que através das escolhas para a vida, afastaram-se para viver suas vidas, seus sonhos, porém guardam no coração a certeza que até aqui nos ajudou o Senhor a viver nossos dias, cuidando de cada um para hoje, lembrar dessa história com imensa satisfação e certeza que o Pai cuidou com carinho de nossas vidas. Aloha!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUAL O SENTIDO DA VIDA?

Hoje, 29 de dezembro, pela manhã estive pensando e repensando parte da caminhada em 2016. E algo ecoava-me na mente , e com certeza ecoa na mente de muita gente.
Aproveitei o ensejo entre uma canção e outra que escutava para compreender o que motiva-nos a espelhar-nos em alguma figura pública, músico ou banda, que através de suas vidas e obras influenciam gerações. Levando-as ao sucesso ou ao fracasso.
O gosto musical, a admiração por banda ou cantor às vezes tem certo sentido, ou significado. Não busco o sentido da vida ou a perfeição em ser humano algum, tampouco me inspiro em artistas ou músicas que não me dão esse sentido essencial à vida. Em particular o que mexe com o seu sistema sensorial sempre tem a ver com o "background"? Tem a ver com aquilo que está por trás?
         Tudo parece ter sentido quando sabemos o que motivou-nos a fazer alguma coisa. É certo que há coisas que simplesmente fazemos e pronto. Está feito! Não tem um porquê. Se algo que fazemos não tem se…

# DO ESPÍRITO DE JEZABEL À COVARDIA DE ACABE

Para refletirmos  sobre nosso momento histórico. Na época do Profeta Elias, viveu Acabe, rei de Israel. Poderoso e próspero. Acabe fez grandes construções. Porém, de acordo comhistória bíblica, foi Influenciado por suaesposa Jezabel, promovendo a idolatria em todo Israel. Deixando de reverenciar ao Deus de seu povo e passando a adorar o deus Baal. O rei Acabe foi condenado por ter cometido muitos males, também por permitir que sua esposa cometesse muitas atrocidades em Israel. Certa feita Elias disse a Deus que somente ele não havia prostrado-se aos deuses estranhos. Porém afirmou Deus que Elias estava equivocado. Havia mais profetas que não se deixaram levar pelo sucesso momentâneo, pela fama, pelo medo de profetizar contra toda oposição ao Deus de Israel, pelo medo de estarem sós e terem de enclausurarem-se na caverna, permanecendo de bocas fechadas. Todos somos limitados e dependemos da graça de Deus para nos mantermos de pé. Nos mantermos firmes e convictos de que há profetas que n…

KELLY SLATER VENCE SEUS TEMORES E VAI ALÉM DE SEUS LIMITES

Eu poderia estar ...  me vitimizando  ...fazendo qualquer coisa durante minha adolescência, mas preferi vencer minhas limitações e ir além naquilo que mais gosto de fazer! Podem ser frases clichês, porém tratam da pura verdade!
      Cada qual reage de uma forma em relação aos fracassos e sucessos na vida. kelly Slater preferiu vencer suas inseguranças para ir além de suas possibilidades.
Vencer Kelly Slater é algo possível para alguns atletas hoje em dia. Há quem consiga tal façanha. Sim, há. Porém ser onze vezes Campeão do Mundo [...] não é para todos.  Vale a pena assistir ao vídeo de Kelly Slater testemunhando sobre sua vitória na vida.Ele explica o motivo que o levou a ser 11 vezes campeão do mundo. 11 vezes!

    Em primeiro lugar ele buscou derrotar suas fraquezas que provavelmente o levariam ao fracasso. Ele observou bem que os amigos que excediam ao uso de drogas, viviam sem limites fazendo da vida desregrada uma montanha russa de altos e baixos, fracassaram naquilo que almejaram…